Aos 61 anos de idade, ET, sonoplasta, (ele não goste que o chame de DJ) hoje vive em Caiuá (SP). Ele foi o primeiro sonoplasta contratado da equipe Almir Cambra.

Longe das arenas, ele não para que estudar e pesquisar músicas, em seu HD mais de um milhão de músicas. Para ele o sucesso da Sonoplastia está nos estudos.

- Eu tenho quatro livros que fala e ensina como a discoteca básica, 1200 endereços de blogs de músicas, e não adianta pedir que não passo para ninguém – Explica ele.

Ele explica também seu início com Almir Cambra

- Estava em um rodeio trabalhando de Free Lancer em Minas Gerais, e bem na hora que eu tava batendo boca com um DJ companheiro de trabalho, Almir Cambra chegou e se apresentou como locutor. Eu pensei: “mais um para encher o saco”. Almir ouviu e não gostou. Logo o presidente da festa me pediu que eu tocasse para ele, quando ele entrou vi que tinha queimado a língua. Pensei, esse cara é diferente O rodeio continuou e, no segundo dia fui no quarto conversar com ele e me ofereci para trabalhar para ele. No momento Almir ficou meio sem acreditar, já que eu tinha um nome bom no rodeio e ele estava começando – Relata ET

ET começou trabalhou com Almir de 1994 a 2004, e logo na sequência do evento de Minas Gerais, aconteceria a Festa do Peão de Barretos e ET nos conta um caso interessante

-  Almir entrou para narrar o amador em Barretos, na terceira montaria, antes da quantia que estipulada, o Cacá, comentarista disse para ele sair da arena. O Cacá veio até mim e disse que queria ele no rodeio internacional. O Almir a essa altura, já tinha saído bravo, achando que ele tinha sido reprovado, precisei pedir ao Cacá, anuncia-lo no microfone e para falar comigo, quando ele chegou falei: descansa que amanhã você vai narrar o internacional. Ele me deu um abraço – Lembra ET

A convivência com Almir Cambra também é uma das coisas que ET faz questão de testemunhar

- Almir sempre nos tratou com igualdade, onde ele comia, nós comíamos, onde ele dormia nós dormíamos.

- Ele vai continuar como melhor locutor do Brasil por muito tempo, ele mercê estar onde está. Fizemos uma grande parceria, ele nunca me deixou na mão. Nunca pisou na bola. Ele é um cara muito concentrado no que faz – Disse ET

- Em dez anos, nunca me chamou atenção, ele tinha uma percepção muito boa, sabia usar a música. Eu não tenho vontade de voltar para o rodeio, mas com o Almir eu teria coragem, a hora que ele quiser – Disse sobre se tinha vontade de voltar para o rodeio.

- Hoje Almir é uma referência na locução, quem está começando de uma maneira ou de outra acaba copiando ele de alguma maneira -  Finaliza ET

REDES SOCIAIS

Siga no Twitter: www.twitter.com/Almir_Cambra

Curta a Página no Facebook: www.fb.com/AlmirCambraOficial

Siga no Instagram: http://instagram.com/almircambraoficial

CONHEÇA AS COLEÇÕES ALMIR CAMBRA

Os Vaqueiros – http://bit.ly/ACOsVaqueiros

Chapéus Eldorado Company -  http://bit.ly/ACEldoradoCompany

Sumetal Fivelas - http://bit.ly/ACSumetalFivelas

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP

contato@eugeniojose.com.br